Câncer

Prevenções e precauções contra o câncer de cólon

Existem vários fatores e condições subjacentes responsáveis ​​pelo desenvolvimento do câncer colorretal. Alguns dos fatores, incluindo idade, história familiar de câncer colorretal, doença inflamatória intestinal (doença de Crohn e colite ulcerosa) e diverticulite estão além do controle humano. Para lidar com esses fatores de risco, as duas únicas etapas úteis envolvem o reconhecimento dos sintomas e testes de rastreamento frequentes para câncer colorretal.

O risco potencial de câncer colorretal aumenta em pessoas com mais de 40 anos de idade. As pessoas devem ter muito cuidado com sua dieta e estilo de vida após essa idade, a fim de aumentar sua imunidade natural contra o câncer colorretal. Eles devem ser capazes de reconhecer os sintomas associados ao câncer de cólon e devem fazer um teste de rastreamento como a colonoscopia, que é recomendado a cada 10 anos. O objetivo principal desses exames de rastreamento é detectar esse câncer nos estágios iniciais, quando as chances de sobrevivência estão acima de 90%. No entanto, a tragédia é que a maioria dos pacientes é diagnosticada em estágios avançados, quando o tratamento se torna menos eficaz. Essa é a única razão por trás de quase 50.000 mortes nos EUA a cada ano, por causa do câncer de cólon. Os especialistas acreditam firmemente que essa taxa de mortalidade pode cair para 60% com o diagnóstico precoce de câncer de cólon. Portanto, os profissionais têm grande ênfase em incentivar as pessoas a comparecerem aos exames de rastreamento. Um grande obstáculo na detecção precoce deste câncer é que as pessoas sentem vergonha de falar sobre os problemas relacionados aos seus intestinos e têm medo desconhecido sobre o testes de rastreamento para câncer de cólon. Somente a consciência sobre a doença e os procedimentos podem superar esses obstáculos.

Os fatores controláveis ​​para evitar o câncer de cólon incluem mudanças na dieta e no estilo de vida. A dieta que fortalece o funcionamento do cólon e o torna menos vulnerável a doenças inclui baixo teor de gordura, vegetais, frutas e alimentos ricos em fibras naturais. Evitar carnes vermelhas e processadas é altamente recomendado. Deve-se dar mais preferência ao peixe, que tem ácidos graxos ômega 3 que diminuem o risco de câncer de cólon. Além disso, evitar fumar cigarros e consumo de álcool é obrigatório para reduzir o risco desta doença fatal.

Não se pode subestimar a importância do exercício regular e seus efeitos positivos na saúde. Os médicos recomendam enfaticamente 30 minutos de exercícios diários junto com outras mudanças no estilo de vida para prevenir o câncer colorretal. A obesidade é um dos fatores de risco para o câncer colorretal, portanto, manter um peso saudável deve ser uma preocupação séria.

#cáncerdecolon #câncerdecólon #cancerdecolon #câncerdecólonereto #câncer #câncerdecólonedereto #cancerdecolonsintomas #coloncancer

Esta gostando do conteúdo? compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram

Deixe seu Comentário!

Veja também!